Parques infantis de Olhão vão ser intervencionados

pub
pub
pub
pub

A Câmara de Olhão vai estender o Projecto Cuidar aos mais novos, passando a fazer rastreio visual a todas as crianças com cinco anos.

O anúncio da medida foi feito pelo presidente da autarquia, António Miguel Pina, no decorrer das cerimónias comemorativas do  Dia da Cidade de Olhão.

O autarca dedicou uma parte da sua intervenção a destacar as principais medidas que vai levar a cabo até ao final do mandato. Entre outras, referiu obras de reabilitação e ampliação em vários equipamentos escolares do concelho, intervenções em todos os parques infantis do concelho e requalificação dos polidesportivos da Cavalinha e do Bairro 28 de Setembro.

Referiu-se ainda à construção da ecovia Faro-Olhão, à requalificação do Circuito de Pinheiros de Marim, bem como a um investimento de cerca de 4 milhões de euros na requalificação dos 800 fogos de habitação social.

Ainda na vertente da habitação social, António Miguel Pina anunciou a passagem da gestão do parque habitacional da autarquia para a empresa municipal Fesnima, o que virá criar “novas regras de administração, bem como exigir de uma forma rigorosa um assumir das responsabilidades por parte de quem usufrui de um bem que é de todos”.

O futuro próximo de Olhão passará também, garante o autarca, por uma segunda vaga de intervenções de reabilitação na frente ribeirinha da cidade: “Tenho a garantia por parte da Docapesca que até ao final do mês de Agosto vai ser lançado o concurso para a construção das infraestruturas e aumento do número de embarcações, bem como a exploração daquele espaço”.

Quanto à gestão desenvolvida até agora, o presidente da Câmara qualificou-a como “criteriosa”, o que fez com que fosse possível reduzir o IMI em 20%, investir na atribuição de manuais escolares a todos os alunos do 1º Ciclo, iniciar os trabalhos de reparação no parque habitacional da autarquia, concluir os regulamentos para atribuição de casa e apoio à renda, lançar o Projecto Cuidar e duplicar os apoios às instituições de apoio social do concelho.

No decorrer da cerimónia oficial foram entregues Medalhas Municipal de Mérito Grau Ouro ao advogado António Cabrita e ao jornalista Augusto Madureia. Foram, também, homenageadas as duas funcionárias que completam em 2016, 25 anos ao serviço da autarquia: Isabel Rocha e Maria de Fátima Peleira.

Procedeu-se, ainda, à entrega dos Diplomas de Mérito Escolar aos alunos do secundário que concluíram o ano lectivo 2014-2015 com a melhor média no 10º, 11º, 12º anos e curso profissional, respectivamente Mariana Lopes, Igor Gago, Miguel Rodrigues e Priscila Viegas.

As comemorações do Dia da Cidade de Olhão foram aproveitadas para se proceder à inauguração de duas exposições: uma da Rede de Arquivos do Algarve, intitulada “A Identidade do Algarve: Forais, Alvarás e Cartas Régias”, que se encontra patente no Arquivo Municipal António Rosa Mendes e onde pode ser visto o original do alvará régio conferido a Olhão pelo Príncipe Regente D. João, em 1808; a outra, que se encontra patente na Biblioteca Municipal José Mariano Gago, uma colectiva de pintura que reúne trabalhos dos alunos do Centro de Pintores Olhanense.

Leia também:

Câmara de Olhão investe 34 mil euros no apoio social escolar

Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 158 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.