Espectáculos musicais da FATACIL valem 340 mil euros

pub
pub

A FATACIL tem muito para oferecer aos seus visitantes. Artesanato, equipamentos de todas as cores, formas e feitios, gastronomia, espectáculos equestres e muito mais.

Mas, na hora de alguém decidir se e quando vai passar pelo certame, há um elemento fundamental a ter em linha de conta: o grupo ou cantor que vai estar em palco.

O cartaz musical de uma feira como esta pode ditar o seu sucesso ou fracasso, daí que a organização tente sempre fazer uma escolha criteriosa, que garanta diversidade de grupos e cantores e, sobretudo,  que tenham capacidade para atrair muitos milhares de visitantes.

Este ano, a Câmara de Lagoa quis abrir um novo ciclo na ‘vida’ da feira e, naturalmente, que dedicou uma especial atenção ao cartaz, procurando contratar algumas das maiores vedetas musicais do burgo.

O resultado disso é que conseguiu que pelo mesmo palco passem artistas como Rui Veloso, Anselmo Ralph, Ana Moura, AGIR, Miguel Araújo, Quim Barreiros, Rita Guerra, Mickael Carreira e os The Gift. Todos juntos, abarcam, seguramente, os gostos musicais de parte considerável da população portuguesa.

Mas, naturalmente, que um cartaz destes não sai barato. De acordo com o contrato firmado entre a autarquia e a empresa André Sardet, Unipessoal, Lda., e publicado no portal BASE, para garantir, em regime de exclusividade, tantos pesos pesados do panorama musical, a Câmara de Lagoa teve de desembolsar 266.400 euros.

A este valor juntam-se 74.919 euros de um outro contrato, este com a empresa Semeventos, que se responsabiliza pela iluminação, som e produção executiva dos espectáculo. Esta verba inclui, ainda, o aluguer do palco.

Contas bem feitas, a vertente dos espectáculos musicais da FATACIL implica um investimento de 341.319. Como são 10 concertos, é fácil de chegar à conclusão que, em média, cada um custa pouco mais de 34 mil euros.

Um investimento que, espera a organização, valha a pena e contribua para atrair muitos visitantes, de forma a que, no fim, se cumpra o que o presidente da autarquia, Francisco Martins, assumiu como objectivo: que esta seja a melhor FATACIL de sempre.

Leia também: 

Está a chegar mais uma edição da Fatacil

Grandes eventos, enormes investimentos

Fazer um filho em Lagoa ‘rende’ 1.500 euros

Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 663 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.