Suspeitos de fazerem parte de um gang internacional ficam em prisão preventiva

pub

Os cinco homens que, na 4ª feira, tinham sido detidos pela GNR, por suspeita de serem os autores de vários assaltos ficaram em prisão preventiva.

O Ministério Público de Faro revela que sob os homens de nacionalidade argentina e chilena recai a suspeita de terem praticado “dois crimes de furto qualificado, um deles na forma tentada, e de um crime de detenção de arma proibida.”

Há indícios de que “os arguidos, no dia anterior à detenção, tenham assaltado uma residência, situada em Patacão, Faro, de onde retiraram diversos objectos de valor, designadamente relógios, brincos e anéis, bem como um veículo automóvel. No mesmo dia, já teriam tentado assaltar uma outra residência situada no bairro de Montenegro, em Faro, tendo chegado a escalar um muro e a arrombar uma janela com recurso a um pé de cabra.”

Em poder dos homens foram encontrados “diversos objectos de valor cuja proveniência se desconhece e será investigada, bem como duas pistolas.”

As autoridades suspeitam que os agora detidos enviavam, por correio, os objectos que furtavam para o Chile e Itália, enquanto que o dinheiro seria enviado para a Argentina e os Estados Unidos da América.

Leia também:

Cinco detidos por roubos no Algarve e na margem sul de Lisboa

(Visited 109 times, 1 visits today)
pub

pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.