Reabilitação de edifício histórico custa mais de um milhão de euros

pub

Foi assinado na passada Quarta-feira, 4 de Janeiro, o auto de consignação da obra de reabilitação do Palácio Gama Lobos, em Loulé. A empreitada tem um prazo de execução de 18 meses e vai custar cerca de 1,3 milhões de euros.

Localizado na malha urbana actual, o Palácio Gama Lobos é um dos mais importantes edifícios brasonados da arquitectura civil e do estilo chão em Loulé. É composto por duas zonas distintas, uma de construção Pombalina da segunda metade do séc. XVIII, que será alvo desta intervenção, e outra menos nobre correspondente à ampliação efectuada provavelmente no princípio do séc. XX, onde funcionam, actualmente, algumas actividades desportivas.

A intervenção abrangerá dois pisos do Palácio Gama Lobos, com aproximadamente 1557 m² de área de construção, localizados na Rua Nossa Senhora de Fátima.

O processo de reabilitação passará pela preservação e recuperação do imóvel, sem grandes alterações estruturais, mas com a introdução de algumas contemporaneidades arquitectónicas e artísticas, sendo utilizados materiais e técnicas sustentáveis e ecológicos.

A Câmara de Loulé pretende que quando a obra estiver concluída, o edifício se converta num pólo de criatividade. Para aqui estão previstas iniciativas no âmbito do projecto “Loulé Criativo”, no âmbito do qual será apoiada a actividade de artesãos e profissionais do sector criativo.

Leia também: 

10 postos de trabalho para escolas algarvias

A Vila Vita está a contratar

Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 149 times, 1 visits today)
pub

pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.