Comunidade que vivia em barracas ganha casas pré-fabricadas

pub
pub

Está consumada a instalação no sítio do Escarpão, Ferreiras, da comunidade cigana que há mais de 20 anos vivia em barracas degradadas em terrenos situados junto à Marina de Albufeira.

A comunidade é constituída por oito agregados familiares, num total de 33 pessoas, entre as quais 18 crianças e jovens, que, agora, passam a viver na pequena aldeia baptizada com o nome de “Sanacai”.

A cerimónia de entrega de chaves das novas habitações, construídas em pré-fabricado, teve lugar no passado dia 13 de Abril contou com a presença da Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino, do presidente da Câmara Municipal de Albufeira, Carlos Silva e Sousa e da Provedora da Santa Casa da Misericórdia de Albufeira, Patrícia Seromenho, entidade que liderou este projecto-piloto de integração.

O que se pretende é que esta seja uma fase de transição, que as pessoas em causa acabem por ser munidas das ‘ferramentas’ necessárias para que ingressem no mundo do trabalho e, mais tarde, tenham condições para sair daquele espaço e terem a sua própria habitação permanente.

Para que isso seja possível, vão receber acompanhamento psicológico, apoio psicossocial e um plano individual de integração sócio-profissional. No âmbito do projecto, a autarquia irá também
assegurar o transporte das crianças que se encontrem a frequentar o ensino pré-escolar até ao final do 3º ciclo no percurso de ida e regresso da escola.

Recorde-se que, em determinada fase, este foi um projecto polémico, uma vez que a Misericórdia de Albufeira pretendeu alterar o que, desde o início, estava previsto e instalar a comunidade não no Escarpão, mas nuns terrenos situados na Malhada Velha. A população local considerou que o espaço não reunia as condições necessárias para o efeito e a comunidade acabou, então, por ser instalada no Escarpão.

Leia também:

A PSP está a recrutar

Oferta de emprego para junta de freguesia algarvia

(Visited 309 times, 1 visits today)
pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

pub
pub

pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.