Bloco de Esquerda promove sessão sobre o Serviço Nacional de Saúde

O Bloco de Esquerda leva a cabo, na próxima Sexta-feira, 16 de Março, a partir das 21 horas, no Instituto Português do Desporto e da Juventude (Rua da PSP), em Faro, uma sessão pública intitulada “Refundar o Serviço Nacional de Saúde – público e gratuito”.

A iniciativa contará com as participações de Moisés Ferreira e João Vasconcelos, deputados do Bloco; Guadalupe Simões, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses; Aníbal Coutinho, médico e chefe do departamento cirúrgico do Centro Hospital do Algarve (CHUA); José Moreira, médico na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) de Loulé e Eurico Gomes, director clínico na Clínica de Diabetes e Doenças Metabólicas do Algarve da Associação para o Estudo da Diabetes Mellitus e Apoio ao Diabético do Algarve (A.E.D.M.A.D.A.).

Esta acção insere-se no “Roteiro em Defesa do SNS”, que aquele partido está a levar a cabo em todo o país, o qual tem como objectivo “juntar forças em defesa do Serviço Nacional de Saúde” e que terminará no dia 14 de Abril, numa conferência nacional em Lisboa.

Na sessão de abertura deste périplo, Catarina Martins afirmou que o Governo do PS tem mantido “a subordinação dos serviços públicos às metas do défice” e o “subfinanciamento crónico” do SNS por “não ter coragem de atacar os negócios privados e os interesses instalados na Saúde”, permitindo “a fuga de milhares de milhões de euros do orçamento do SNS directamente para os bolsos dos privados”.

O Bloco critica o facto de a despesa com as Parcerias Público Privadas (PPP) continuarem a subir e de “a opção governamental ser a renovação das parcerias ruinosas”. O Bloco lembra que há falta de profissionais de saúde, mas que mas os concursos para contratação de médicos recém especialistas “atrasam-se durante meses”. Também critica o facto de “apesar dos equipamentos estarem obsoletos, não haver investimento capaz de repor a capacidade de resposta do SNS”.

O Bloco diz defender “outra orientação para a política de saúde, com um caminho de investimento e de reforço do SNS, de valorização dos profissionais de saúde e de melhoramento da qualidade dos cuidados prestados à população”.

Leia também:

Vento de 122 kms/hora causa estragos

Mau tempo afecta abastecimento de água

Bombeiros evitam tentativa de suicídio

(Visited 154 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.