Loulé já começa a preparar a próxima época de combate a incêndios

A Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (CMDFCI) de Loulé reuniu no Auditório do Convento Espírito Santo, em Loulé, tendo como principal assunto a análise e balanço da época dos incêndios rurais no Concelho no ano de 2018, tendo a oportunidade sido, também, aproveitada para se começar a planear a próxima época de combate a fogos.

A reunião foi presidida pelo autarca, Vítor Aleixo, tendo sido realizadas várias apresentações sobre o trabalho desenvolvido ao nível municipal, desde a fase de planeamento, sensibilização e informação pública, prevenção, vigilância e combate.

As apresentações estiveram a cargo do Serviço Municipal de Proteção Civil, da Associação de Produtores Florestais da Serra do Caldeirão, da Guarda Nacional Republicana e dos Bombeiros de Loulé, tendo sido o balanço deste ano considerado positivo, no entender dos presentes, tendo em conta os resultados obtidos, ainda que provisórios, – área ardida 42,2 hectares – e ações e projetos desenvolvidos no corrente ano.

Foi ainda abordado neste fórum o plano estratégico de ação previsto para o ano 2019, referindo-se as intervenções em rede primária e as candidaturas que o Município irá operacionalizar, no âmbito da prevenção aos incêndios rurais.

De acordo com o Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, no  Algarve o Concelho de Loulé é o município que tem o maior número (141) de aldeias e aglomerados integrados nas 4 freguesias do interior: Alte (33), Ameixial (16), Salir (54) e União de Freguesias Querença, Tôr, Benafim (38)  consideradas com o primeiro grau de prioridade no âmbito Defesa da Floresta Contra Incêndios.

 

Leia também:

Rotunda das Cadeiras vai ser requalificada

Há 30 acidentes por dia nas estradas algarvias

Programa de fim de ano portimonense arranca este sábado

(Visited 73 times, 1 visits today)
pub

pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub