Lagoa passou a ter Tribunal do Comércio

pub
pub
pub
pub

O Tribunal de Juízo do Comércio de Lagoa foi hoje, oficialmente, instalado, no decorrer de uma cerimónia que contou com a presença da ministra da Justiça, Francisca Van Dunen.

As instalações distribuem-se por dois pisos numa área de cerca de 1.110 m² e aí vão ser tratados 1.220 processos que transitam do Tribunal de Juízo do Comércio de Olhão.

O presidente da Câmara local, Francisco Martins, referiu que a instalação daquele serviço em parte das instalações do Centro de Estudos e Formação de Lagoa (CEFLA) só foi possível graças a uma “verdadeira cooperação entre o poder central e o poder local”.

No mesmo sentido foi a intervenção de Francisca Van Dunen, que referiu-se a este processo como  uma “cooperação virtuosa” entre o seu ministério e a Câmara de Lagoa, que “juntaram sinergias, juntaram capacidades no sentido de melhorar os espaços da justiça nesta grande comarca”.

Este é um processo que poderá ter continuidade, uma vez que Francisco Martins manifestou interesse em receber em Lagoa outras estruturas judiciais, estando a decorrer negociações com o Governo para tentar levar a bom porto este desejo.

A ministra agradeceu essa disponibilidade e deixou no ar a possibilidade de se chegar a um entendimento quanto à possibilidade de serem instalados “outros pólos” judiciais naquele concelho.

 

Leia também:

Resgate de estacionamento à superfície custa 850 mil euros à Câmara de Portimão

Incêndio em apartamento

Ofertas de emprego do dia (22 de abril)

(Visited 393 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub
pub