Uma proposta construtiva

Veja aqui todas as fotos do dia

A edição deste ano do Festival da Sardinha de Portimão teve enorme afluência, pois recebeu, de acordo com contas da Câmara, cerca de 100 mil visitantes.

Contudo, sou testemunha que muitos dos que passaram pelo recinto não comeram sardinhas como manda a tradição, em cima do pão e à mão.

Aliás, nem sequer pediram peixe, optaram por bifanas, costeletas ou  camarões, o que constitui uma clara violação do espírito do evento.

Em face disso, sugeri ao secretário de Estado das Pescas que fosse criado um imposto especial para penalizar estes infratores.

Infelizmente, parece que ele não levou a sério esta construtiva proposta de salvaguarda de uma importante tradição algarvia.

(J.E.)

LEIA TAMBÉM:

“O nosso objetivo é, no prazo de 2 ou 3 anos, estarmos a faturar 100 milhões de euros”

“Estou disponível para ser candidato nas próximas autárquicas”

EN 125 a Património da Humanidade


OS NOSSOS VÍDEOS

(Visited 173 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub