Quase três centenas de famílias de Lagoa já recorreram a programa de apoio ao arrendamento

pub
pub
pub

Ao longo deste ano já houve 14 famílias a recorrer ao Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento para Famílias Carenciadas do concelho de Lagoa. Trata-se de um número quase igual ao que deu entrada nos serviços da Câmara local durante todo o ano de 2018 (15).

Criado em 2009, a este apoio, que de acordo com a autarquia, tem como objetivo “contrariar a existência de agregados familiares a viver em condições desfavoráveis” devido ao valor elevado das rendas que se praticam, já recorreram, ao longo destes anos, um total de 297 agregados familiares.

Através deste programa é disponibilizada uma comparticipação máxima de 1.200 euros por cada candidatura para o pagamento de rendas que se encontrem em atraso.

Igualmente, às famílias que cumpram os critérios definidos, é atribuído um subsídio mensal ao arrendamento por um período até 12 meses, havendo a possibilidade excecional de renovação por mais 12 meses mediante proposta devidamente fundamentada por parte dos serviços de Ação Social da autarquia.

 

LEIA TAMBÉM:

Câmara de Lagos vai dar apoio financeiro para pagamento de rendas

Quatro ofertas de emprego para câmara algarvia

Veja onde vai estar a PSP com o radar

(Visited 371 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev