PJ desmantela oficina clandestina de construção de lanchas

pub

A Polícia Judiciária (PJ), em cooperação com a Polícia Marítima e a Unidade de Controlo Costeiro da GNR de Olhão, desmantelou uma unidade de produção clandestina que se destinava à construção de lanchas rápidas, habitualmente utilizadas no transporte de produto estupefaciente via marítima.

Em comunicado, a PJ informa que “a atividade desenvolvia-se em instalações industriais desativadas, localizadas num polígono industrial da cidade de Faro”.

No decorrer da operação, as autoridades identificaram quatro pessoas de nacionalidade espanhola, conotados com o fabrico e o transporte das embarcações.

Foram, também, apreendidas três embarcações semirrígidas com aproximadamente 12 metros de comprimento, duas delas em processo final de construção, uma em formato modular, diversa matéria-prima e ferramentas adequadas ao seu fabrico.

A PJ refere, ainda, que “a produção desenvolvia-se em total clandestinidade, sem qualquer registo, alvará ou autorização e constitui facto inédito na região”.

Leia também:

Câmara de Portimão investe 208 mil euros na compra de veículo tanque para os Bombeiros

Câmara de Lagoa investe 90 mil euros na compra de três novas viaturas para a GNR

Veja onde vai estar a PSP com o radar

(Visited 113 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub