Utentes foram para a rua exigir mais investimento no Hospital do Barlavento

Cerca de duas centenas de pessoas manifestaram-se, este sábado, em Portimão, em frente ao Hospital de Barlavento.

Em declarações ao «Algarve Marafado», João Carlos Correia, um dos elementos da organização, a Comissão de Utentes do Serviço Nacional de Saúde, referiu que a iniciativa foi um protesto contra a “contínua degradação do serviço público de saúde no Algarve”.

Na base dessa situação encontra-se “o desinvestimento por parte dos sucessivos governos, que dá origem ao grande negócio da saúde privada, a cujos serviços a esmagadora maioria da população não consegue aceder”.

Para alterar o atual estado de coisa, estes utentes exigem que, em concreto, o Governo tome medidas para contratar “mais profissionais de saúde e adquirir mais equipamentos para o hospital”.

O deputado do Bloco de Esquerda João Vasconcelos também se associou a esta manifestação.

Ao nosso jornal, este eleito pelo Algarve, atribuiu boa parte dos problemas que se vivem na unidade de saúde do Barlavento “à junção dos hospitais algarvios, ocorrida em 2013” e à “falta de investimento” necessário para suprir as muitas lacunas existentes.

Leia também:

Já arrancou mais uma Mostra Silves Capital da Laranja

Câmara de Lagoa vai construir mais de 250 habitações para arrendamento

Veja onde vai estar a PSP com o radar


OS NOSSOS VÍDEOS

(Visited 190 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev