‘Festa de Odiáxere’: O pior já passou e deixa de haver testagem massiva

pub
pub

Até ontem havia em Lagos um total de 85 casos ativos de Covid-19. A informação é prestada em texto assinado pelo presidente da Câmara local, Hugo Pereira, e publicado no site do Município.

Trata-se, na sua esmagadora maioria, de casos resultantes da ‘Festa de Odiáxere’. Somando a estes os quatro casos que, anteriormente, tinham sido contabilizados, o número acumulado, desde o início do surto, sobe para 89.

A deteção destes casos resultou de uma enorme campanha de testes (2.500) às pessoas que estiveram na festa e a quem com elas contactou.

De acordo com o autarca, “a evolução dos últimos dias parece indiciar que o pico deste surto já terá sido atingido, o que nos permite entrar agora numa segunda fase, que já não justifica a continuação da testagem massiva, permitindo focar a atenção das autoridades (de Saúde e outras) no acompanhamento e vigilância dos casos identificados, de modo a garantir o seu confinamento/isolamento e tratamento (nos casos eventualmente mais agudos de infeção)”.

Hugo Pereira conclui dizendo ser hora de “virarmos a página e de nos focarmos novamente na afirmação da nossa cidade, do nosso concelho e da nossa comunidade, como o porto de abrigo seguro que sempre foi”.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: DGS regista mais 7 casos no Algarve

Oferta de emprego para a EMARP

Festa de Odiáxere já deu origem a 111 casos

(Visited 371 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub
pub
pub
pub