Faro retira amianto das escolas

A Câmara de Faro informa que o concelho está prestes a tornar-se livre de amianto na totalidade dos estabelecimentos que compõem a sua rede escolar.

Com esse objetivo, a autarquia celebrou um contrato com a Sociedade José Quintino, Lda., pelo valor total de 792 mil euros que vai permitir intervencionar as quatro escolas que ainda mantêm vestígios deste material: a EB2,3 D. Afonso III, a EB2,3 Dr. José de Jesus Neves Júnior, a EB2,3 Dr. Joaquim Magalhães e EB1/JI Montenegro, 

Pretende-se, com esta intervenção, proceder à remoção do revestimento de cobertura constituído por placas e acessórios de fibrocimento com amianto e outros acessórios e materiais que se venham a tornar disfuncionais em consequência da obra.

A empreitada contempla a posterior colocação de novo revestimento de cobertura constituído por painéis em chapa de aço zincado e lacado em ambas as faces, separadas por poliuretano, bem como a impermeabilização de caleiras, algerozes, juntos de dilatação, funis de tubos de queda e outros caminhos de águas pluviais adjacentes aos planos de cobertura intervencionados com tela líquida reforçada com malha de fibra de vidro.

Aproveitando a interrupção das aulas presenciais, as obras nestes quatro estabelecimentos escolares irão começar a todo o momento e deverão estar terminadas num prazo de quatro meses. De referir ainda que esta operação acontece após candidatura da autarquia a financiamento da Administração Central, o que permitiu remover todo o amianto das escolas (EB 2,3) cujos edifícios eram gestão do Ministério da Educação até à transferência de competências para o Município.

Leia também:

Covid-19 provoca mais 10 mortes no Algarve

Veja onde vai estar a PSP com o radar

Duas ofertas de emprego para Câmara algarvia

(Visited 33 times, 1 visits today)