CDS diz que Isilda Gomes está em campanha pela “desinfeção pública da sua imagem”

O CDS acusa Isilda Gomes, de, a pretexto do passo atrás que, em matéria de medidas de desconfinamento, Portimão deu, se ter lançado “numa intensa campanha mediática, apropriando-se de medidas que foram anunciadas para vários concelhos e dando voz a outras, que também não são exclusivas para Portimão”.

Em comunicado, a comissão política local daquele partido diz que “apesar de saber e não poder ignorar que da conveniente audiência de dia 30 de abril nada de palpável iria resultar, a Dra. Isilda Gomes não se coibiu de anunciar, ufana, importantes “conquistas” para Portimão, que estranhamente – ou talvez não! – ou já estavam adquiridas ou não se aplicam exclusivamente a Portimão”.

Uma delas é “o propalado reforço de vacinação para inocular os maiores de 60 anos, que tinha já sido anunciado, sendo extensivo aos outros três concelhos que retrocederam com Portimão no desconfinamento em 16 de Abril; mas mais estranho é que o próprio Município de Portimão apelou, há mais de uma semana, aos maiores de 60 anos ainda não vacinados para agendarem a sua vacinação, o que certamente não sucederia se não existissem já nessa altura doses suficientes para serem administradas”.

Relativamente ao anúncio feito pela autarca de que haveria um apoio económico direto aos empresários de Portimão afetados pelo retrocesso no desconfinamento, o CDS refere que isso “mais não é do que o apoio geral às quebras de faturação das empresas, que tinha já sido anunciado para todo o país, não sendo obviamente exclusivo para Portimão, como nunca poderia de ser”.

Para este partido político, a única coisa que move a sua ação política nesta questão dos impactos do vírus SARS-CoV-2 é a desinfeção pública da sua imagem e as consequências políticas deste processo nas próximas eleições autárquicas. Foi por isso evidente que, para quem quis ver, a Dra. Isilda Gomes desconfinou a sua pré-campanha eleitoral na passada sexta-feira”.

O CDS acrescenta que “mais do que manobras pré-eleitorais e de spin político por parte da Dra. Isilda Gomes, os Portimonenses exigem neste momento explicações e medidas concretas que permitam ajudar a alterar este estado de coisas e a mitigar os seus impactos negativos na vida das famílias e das empresas do concelho”, em concreto, quantos testes fez nas últimas duas semanas, quantos empresários foram apoiados.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: Ponto de situação em Portimão

79 ofertas de emprego

Veja onde vai estar a PSP com o radar

(Visited 259 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub