“Esta é uma homenagem à equipa que tem trabalhado comigo ao longo destes anos”

Álvaro Bila viu, na terça-feira, premiada a sua dedicação aos Bombeiros de Portimão, enquanto presidente da respetiva associação, através da imposição do Crachá de Ouro da Liga dos Bombeiros Portugueses, a mais alta distinção atribuída por aquela entidade.

Algarve Marafado (AM): Disse, na sua intervenção, que foi apanhado de surpresa por esta homenagem. Foi mesmo assim?

Álvaro Bila (AB): Sim, fui apanhado completamente de surpresa. Entendo que esta é uma homenagem não especificamente dirigida a mim, mas a uma vasta equipa que tem trabalhado comigo ao longo destes anos todos, nos Escutas, na Junta de Freguesia e aqui nos Bombeiros de Portimão.

AM: Como é que começou a sua relação com a Associação de Bombeiros?

AB: Entrei no ano 2000 como vogal da direção, a convite do Tony Melo, e em 2010 assumi então a presidência.

AM: E desde essa altura até agora muita coisa mudou na associação, tem sido quase uma revolução…

AB: Foi uma grande mudança, sabíamos das dificuldades que íamos encontrar e que tínhamos de ultrapassar, porque esta grande casa tinha que ter as melhores condições possíveis para trabalhar a favor da população. Ao longo destes anos procurámos fazer isso, através de obras que se impunham no quartel e da aquisição de viaturas e equipamentos em função daquilo que nos era solicitado pelo comandante e a sua equipa.

Com grande entreajuda entre toda a direção, os restantes órgãos sociais e o comando conseguimos modernizar e preparar os bombeiros para o futuro, na certeza que queríamos ser pioneiros em muita coisa. Acho, por exemplo, que a população e os bombeiros só têm a ganhar se estiverem fortemente ligados à Proteção Civil Municipal, que é o que atualmente acontece.

AM: Olhando para trás quais foram as duas ou três decisões que tomou e que mais ficaram na memória pela sua importância que tiveram?

AB: Desde logo o de criarmos condições para que o quartel, para além dos bombeiros, também pudesse acolher a Proteção Civil. Acho que foi um passo de gigante que demos. Sabíamos que a Câmara precisava de um espaço para a Proteção Civil e entendíamos que este era o local certo e felizmente foi possível criar as condições para que isso acontecesse.

AM: No decorrer da cerimónia do Dia Internacional da Proteção Civil foram apresentadas todas as valências que existem no quartel. Quais são as grandes novidades?

AB: Uma das mais recentes, mas que já teve uma intensa atividade devido à situação de pandemia que temos vivido, é a Brigada de Descontaminação. Também avançámos recentemente com a integração de uma equipa de cães de salvamento, que está ainda numa fase pioneira.

LEIA TAMBÉM:

Bombeiros de Lagos salvam cães que tinham caído num poço

Ilídio Martins: O único homem que conseguiu ‘roubar’ a Junta de Portimão ao PS

Alterações da circulação automóvel em ruas de Lagos

(Visited 219 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub