GNR apreende armas a suspeito de ameaças de morte

pub
pub
pub

A Guarda Nacional Republicana (GNR) constituiu arguido um homem de 53 anos por ameaça agravada.

A GNR adianta, em comunicado, que no âmbito de uma investigação por ameaças, os militares de Vila do Bispo “realizaram diligências policiais que permitiram apurar que o suspeito era detentor de uma arma de fogo e que ameaçava de morte a vítima, uma mulher de 54 anos”.

No seguimento da ação foi dado cumprimento a dois mandados de busca domiciliária, os quais culminaram com a apreensão do seguinte material: Uma carabina; Uma arma de caça; 48 munições de diferentes calibres.

O suspeito foi constituído arguido, e o factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Lagos.

LEIA TAMBÉM:

Abandonaram uma capital europeia para viver e trabalhar em Alvor

Uma morte em prédio de Portimão e duas pessoas feridas em acidentes

Quatro ofertas de emprego

(Visited 318 times, 1 visits today)
pub
pub
pub