Portimão quer nova ponte de ligação ao concelho de Lagoa (com VÍDEO)

A construção de uma nova ponte rodoviária e ferroviária de ligação ao concelho de Lagoa é uma das principais propostas incluídas no Plano de Mobilidade Urbana Sustentável de Portimão.

Caso algum dia haja condições para transformar esta ideia em realidade, no documento é proposto que se “reconverta a ponte ‘velha’ exclusivamente para modos sustentáveis de deslocação”, ou seja, que por ela deixem de passar viaturas automóveis.

A apresentação do plano foi feita esta quinta-feira, 22 de setembro, no auditório do Portimão por Paula Teles, da empresa Mobilidade e Planeamento do Território.

Outra das propostas de vulto é a edificação de uma Plataforma Intermodal, que “promova a integração física dos diversos modos de deslocação”.

A requalificação da principal via de comunicação da cidade, a V6, através da incorporação de mais espaços verdes e a redistribuição do tráfego rodoviário para outras estradas a criar é, igualmente, uma das sugestões apresentadas.

Se este plano avançar, também a zona ribeirinha será alvo de uma intervenção, com a instalação de novos espaços de fruição para os cidadãos.

Um dos elementos essenciais de todo o documento consiste na ideia da criação de condições para que os peões e ciclistas possam circular em harmonia com as viaturas automóveis. Isso implicará a criação de mais vias de coexistência, onde todas estas formas de deslocação sejam possíveis.

A criação de muitos pequenos jardins, a implementação de um sistema de bicicletas públicas e o consequente aumento das vias onde os ciclistas possam circular sem receio de atropelamento são outras das propostas, juntamente com a requalificação da envolvente da Fortaleza de Santa Catarina.

O vice-presidente da Câmara, Álvaro Bila, frisou que este é um documento que disponibiliza diretrizes e caminhos para o futuro de médio e longo prazo do concelho e referiu que algumas das medidas terão de ser concertada com os municípios vizinhos, para que sirvam os interesses de todos. Lembrando alguns atritos do passado, garantiu, com alguma ironia, que “não queremos problemas com Lagoa”.

A versão do plano que foi apresentado é o resultado de vários anos de trabalho, mas ainda não está fechada. Nos próximos dias deverá ficar disponível no site da autarquia, havendo, a partir daí, possibilidade dos munícipes darem os seus contributos. O documento também será alvo de discussão na Câmara e na Assembleia Municipal, para que “se consiga o maior consenso possível”, referiu o autarca.

LEIA TAMBÉM:

Os eventos que vão animar o Algarve em setembro

Ir à esplanada lavar os pés na água do mar

Nove detidos e mais de duas centenas de doses de droga apreendidas

……………….

VÍDEO EM DESTAQUE
Ir à esplanada lavar os pés na água do mar

(Visited 451 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub