Balanço da noite de vandalismo

pub
pub

Oito papeleiras queimadas, que tiveram de ser substituídas, e muitas outras arrancadas dos locais onde se encontravam e atiradas para o chão é o balanço principal feito pela Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão (EMARP), relativamente aos actos de vandalismo registados em equipamentos públicos na cidade, na noite do Halloween.

O rasto de destruição de papeleiras passou, entre outras artérias, pelas ruas Pé da Cruz, Mouzinho de Albuquerque, Melvin Jones, António Gedeão, Praceta Major David Neto e Avenidas V3 e Fernando Pessoa. Uma queixa seguiu para a Polícia de Segurança Pública (PSP).

Pelas contas da EMARP, a substituição das papeleiras queimadas deverá ter um custo na ordem dos 340 euros.

Foi possível recuperar as muitas outras que foram alvo da fúria dos vândalos, pelo que a sua recolocação não implicou custos financeiros, mas apenas algum tempo e esforço aos funcionários da empresa municipal.

Para além destes prejuízos em equipamento público, há também informações de que terão sido vandalizados alguns bens privados, nomeadamente, carros pintados com sprays.

Leia também:

Noite de vandalismo em Portimão

(Visited 1.305 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.