Respostas a efeitos do mau tempo envolvem quase uma centena de operacionais em Portimão

Entre as 00h01 horas de Sexta-feira, 9 de Março, e as 9 horas deste Domingo, o Centro Municipal de Protecção Civil e Operações de Socorro de Portimão registou 15 ocorrências nas três freguesias do concelho: 5 quedas de árvores, 4 quedas de elementos em estruturas edificadas, 1 movimento de massas, 1 sinalização de perigo, 2 remoções de elementos em risco de queda, 1 dano em rede distribuição eléctrica e 1 acidente rodoviário.

Em comunicado, esta entidade refere que, até ao momento, não foram registados quaisquer feridos na sequência das intempéries.

Na resposta a estas ocorrências estiveram envolvidos 98 operacionais e 48 meios técnicos dos diversos agentes de Protecção Civil e entidades cooperantes, designadamente, dos Bombeiros de Portimão, da GNR, PSP, EMARP, EDP e do Serviço Municipal de Protecção Civil.
Paralelamente, foram levados a cabo patrulhamentos nas áreas historicamente mais vulneráveis do concelho pelas Equipas de Observação do Serviço Municipal de Protecção Civil e Bombeiros de Portimão, num total de 243 quilómetros.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), prevê-se para as próximas horas a manutenção do actual quadro meteorológico. Até às 21 horas de hoje, o vento deverá soprar moderado a forte de Oeste, com rajadas até aos 85 km/hora.

A agitação marítima também vai manter-se, com ondas até 5 metros na costa sul, tendo sido emitido para o efeito um Aviso Meteorológico de nível Vermelho, o que significa que é aconselhável a que a população se mantenha afastada da orla marítima.

Leia também:

Vento de 122 kms/hora causa estragos

Mau tempo afecta abastecimento de água

Bombeiros evitam tentativa de suicídio

(Visited 2.443 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.