Combate ao incêndio teve “bons progressos”, garante a Proteção Civil

O vento de norte que se fez sentir ao longo da noite dificultou o trabalho de quem combate o fogo, mas, mesmo assim, foi possível fazer “bons progressos”, garantiu Patrícia Gaspar, da Proteção Civil, na conferência de imprensa desta manhã. A situação é, agora, “mais estável comparativamente com a que tínhamos ontem à tarde”.

Para hoje, aquela responsável espera “temperaturas na casa dos 24/25º, uma humidade relativa que poderá chegar aos 50% e o vento, mais uma vez, desfavorável, que poderá chegar a 35/40 kms/h.”

Hoje vai chegar de Lisboa um grupo de veículos urbanos para reforçar os meios dos operacionais nas zonas com maiores aglomerados populacionais.

Quanto aos objetivos definidos para esta 4ª feira, um deles é “consolidar todo o trabalho que temos vindo a fazer, garantindo uma resposta rápida e o mais musculada possível às reativações que venham a surgir durante o período da tarde”. A outra grande prioridade é, naturalmente, atacar os dois pontos mais críticos do incêndio, que se situam nas zonas de Silves e da Fóia.

Entretanto, algumas pessoas que tinham sido obrigadas a deixar as suas casas e a deslocar-se para locais seguros, já começaram a regressar, tendo o número de ‘desalojados’ baixado de cerca de 230 para 180, de acordo com Patrícia Gaspar.

O número de feridos desde a última contabilização teve um ligeiros acréscimo, sendo, agora de 31 feridos ligeiros e um grave.

De acordo com o site oficial da Proteção Civil, nesta altura, existem 1.427 operacionais no terreno apoiados por 447 viaturas e 9 meios aéreos. Devido às condições existentes, alguns outros helicópteros ainda não puderam entrar em ação na zona da Fóia, mas espera-se que ao longo do dia, venham, também, a ajudar no esforço de combate ao incêndio.

Leia também:

12 ofertas de emprego para Câmara algarvia

Oferta de emprego para autarquia algarvia

58 ofertas de emprego público

 

(Visited 255 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.