Sagres é a ‘capital mundial’ da pesca submarina

pub

Sagres está a acolher o XXXI Campeonato do Mundo de Pesca Submarina. Participam na competição seleções de mais de duas dezenas de países.

A cerimónia de abertura, que teve lugar esta sexta-feira, contou com a presença da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, que destacou a importância da iniciativa e, de uma forma geral, das atividades ligadas ao mar, uma vertente económica em cujo incremento garante estar o seu ministério muito empenhado.

Por seu lado, o presidente da Câmara de Vila do Bispo, Adelino Soares, destacou a forte e antiga ligação que o seu concelho tem com as atividades relacionadas com o mar. No que a esta competição diz respeito, relaçou, entre outras, a preocupação de sustentabibilidade dos recursos naturais assumida pela organização que, antes da cerimónia, procedeu à “evolução ao mar de espécies juvenis para compensar as que vão ser capturadas” no decorrer da prova.

Este evento, acrescentou, encaixa bem na estratégia definida para o concelho que tem como objetivo fundamental fazer com que Vila do Bispo seja “um dos destinos turísticos mais sustentáveis de toda a Europa”.

Este campeonato do mundo é “um grande desafio” para a entidade organizadora, a Federação Portuguesa de Atividades Subaquáticas, referiu, na ocasião o respetivo presidente, Ricardo José, enquanto que Anna Arzhanova, a dirigente máxima da CMAS (confederação mundial da Pesca Subaquática) destacou o facto de, pela primeira vez, as mulheres competirem nesta na prova máxima da modalidade, a nível mundial.

A seleção portuguesa é orientada por Rui Torres, tem como atletas titulares André Domingues, Pedro Domingues e o algarvio Jody Lot e, ainda, Matthias Sandeck como atleta de reserva. A apoiar a equipa vão estar João Peixeiro e Miguel Santos. Na vertente feminina, representam as cores nacionais Teresa Duarte e Catarina Santos.

A prova disputa-se ao longo do fim de semana.

 

Leia também:

Homem detido pela GNR

“Infraestruturas de Portugal” impede Câmara de Lagoa de limpar e embelezar rotundas

Morrem três pessoas por mês nas estradas algarvias

(Visited 289 times, 1 visits today)
pub

pub
pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.