Processo de requalificação da Estrada da Luz volta à ‘estaca zero’

pub
pub
pub
pub

A Câmara de Lagos não conseguiu convencer qualquer empresa de construção a avançar com a empreitada de requalificação da Estrada Municipal 537, entre as Quatro Estradas e a Vila da Luz.

A única proposta que chegou à autarquia foi rejeitada, em reunião do seu executivo, por, no entender do júri do concurso público e dos autarcas, não se enquadrar nos pressupostos do concurso público lançado em 31 de maio, o qual fica sem efeito.

Isso significa que o processo volta à ‘estaca zero’ e que a Câmara deverá ter que avançar com um novo procedimento concursal, o que vai atrasar em muitos meses o arranque da obra.

Para levar a cabo a intervenção, a autarquia lacobrigense estava na disposição de investir um valor máximo de 1.430.000 euros. O prazo de execução que estava previsto era de 300 dias.

Através desta empreitada pretendia-se dotar esta via de condições de mobilidade suave, pedonal e ciclável, bem como requalificar as infraestruturas existentes e criar novas infraestruturas.

 

LEIA TAMBÉM:

São estes os postos de combustível algarvios que fazem parte da rede de emergência

Britânicos voltam a ‘atacar’ o Algarve

Não parece mas este é o grande palco musical do Algarve


OS NOSSOS VÍDEOS

(Visited 331 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub