Hotéis algarvios com quebra de 60% de turistas em julho

pub
pub
pub
pub

Em julho, a taxa de ocupação médias por quarto das unidades de alojamento algarvias foi de apenas 33,2%, revela a Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

Pelas contas daquela entidade, isso significa que a quebra relativamente ao mês homólogo de 2019 foi de 60,2%.

O mercado britânico foi o que mais contribuiu para a descida verificada (-91,1%), seguido pelo irlandês (‑91,9%), alemão (-58,9%) e pelo holandês (-67,3%).

O mercado nacional foi o que apresentou a menor descida, (-8,3%), tendo representado 61,1% do total das dormidas.

Cerca de 22% das camas classificadas permaneceram encerradas, pelo que a percentagem de empreendimentos que ainda não reabriram é bastante superior.

O volume de vendas apresentou uma descida face ao mesmo mês do ano anterior de 66%.

Em valores acumulados, a ocupação cama regista uma descida média de -62,9% desde janeiro e o volume de vendas uma descida de -61,8%.

LEIA TAMBÉM:

Antigo casino de Armação de Pêra vai ser reabilitado

Covid-19: Mais 9 casos no Algarve

43 ofertas de emprego

(Visited 40 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub
pub
pub