Vive dois dias com mulher morta devido a agressões

pub

A Polícia Judiciária (PJ) procedeu à detenção de um homem de 44 anos de idade, por ter recolhido “fortes indícios” de que terá sido o autor de agressões sobre a mulher com quem vivia, as quais resultaram na sua morte.

Em comunicado, a PJ revela que “na sequência da investigação de imediato desencadeada, foi possível apurar que a vítima, uma mulher igualmente com 44 anos de idade, foi agredida pelo ora detido, seu companheiro”

Essas agressões, que terão ocorrido no interior da habitação onde os dois moravam, acabaram por resultar na sua morte.

A Judiciária acrescenta que “da conjugação dos elementos de prova recolhidos, com as perícias realizadas, foi ainda possível determinar que a morte terá sido produzida cerca de dois dias antes do seu conhecimento por parte das autoridades, período durante o qual o suspeito acabaria por permanecer com o cadáver na habitação, do interior da qual se ausentava amiúde com o propósito de consumir bebidas alcoólicas em estabelecimentos próximos”.

O detido irá ser presente a interrogatório Judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: DGS regista mais 60 casos no Algarve

Ofertas de emprego para agrupamento de escolas

Veja onde vai estar a PSP com o radar

(Visited 515 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub