Mau tempo provoca queda de árvores e inundações no Algarve

Ao longo das últimas 48 horas, o Comando Regional de Emergência e Proteção Civil do Algarve registou 42 ocorrências relacionadas com a situação meteorológica adversa que assolou a região com maior  incidência na madrugada e dia de Natal. 

Segundo informa aquele organismo, os concelhos de Loulé (9) e Portimão (6) foram os mais afetados, muito embora também em Albufeira,  Aljezur, Faro, Lagoa, Lagos, Monchique, Olhão, Tavira e Vila do Bispo tenham ocorrido situações na  sequência da chuva, por vezes intensa que se fez sentir, bem como do vento forte, que exigiram a intervenção  de 186 operacionais, apoiados por 65 veículos dos diferentes Serviços Municipais e Agentes de Proteção Civil, de onde se destacam os Corpos de Bombeiros. Todas as ocorrências foram resolvidas pelo  patamar municipal da proteção civil, sem necessidade de reforço regional. 

A Proteção Civil adianta que foram registadas 16 quedas de árvorea, 2 movimentos de massa, 2 inundações, 9 quedas de estruturas e 11 desobstruções de vias rodoviárias, destacando-se o corte da Estrada Municipal 514 – Asseca, Ponte S. Domingos, na  freguesia de Santa Maria e Santiago, concelho de Tavira, devido à subida da água. 

LEIA TAMBÉM:

Duas mulheres feridas em acidente em Portimão

Oferta de emprego público

Lagoa é dos municípios do país com melhor desempenho financeiro

(Visited 1.032 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub