“Temos mais de uma dezena de empresas interessadas em instalar-se aqui”

Com o recente estabelecimento de uma parceria com a Universidade do Algarve, para iniciar a construção de um polo tecnológico, a Parkalgar iniciou um processo que vai levar à instalação de várias empresas nos terrenos situados junto ao Autódromo Internacional do Algarve. O seu administrador, Paulo Pinheiro, diz que já há mais de uma dezena de interessadas.

Marafado (AM): Este foi o primeiro passo para avançar com a vertente que falta do projeto inicial da Parkalgar?

Paulo Pinheiro (PP): Sim, é o primeiro passo para construirmos a componente que falta, a do parque tecnológico. As áreas da mobilidade e da sustentabilidade são dos caminhos mais importantes na nossa sociedade, no nosso desenvolvimento económico e é nelas que se vai trabalhar no espaço que iremos construir.

AM: Quando é que espera ter obra no terreno?

PA: Por questões burocráticas, somos agora obrigados a lançar concurso público com a Universidade, através da associação que foi apresentada. Estamos a contar ter esse processo concluído até dezembro e começar a obra no início do próximo ano.

AM: O objetivo da associação é construir um edifício que funcione como laboratório e local de investigação na vertente da mobilidade, mas a sua ideia é futuramente conseguir que várias empresas internacionais do setor motorizado também se instalem no parque tecnológico?

PA: Queremos ter aqui grandes marcas do setor – e temos contactos com elas – ou empresas que se dediquem a uma vertente mais específica de engenharia, por exemplo, em áreas como a combustão, a condução autónoma, as baterias elétricas, entre outras, com grande know-how, que aqui vão ter todas as condições para desenvolver o seu trabalho e fazer a diferença. Depois, podem vir ao circuito para testar as técnicas e equipamentos que desenvolveram e verificar se funcionam na ‘vida’ real.

AM: Há empresas interessadas?

PA: Neste momento temos mais de uma dezena de empresas interessadas em instalar-se aqui.

AM: Que espaço têm disponível para o parque tecnológico?

PA: Este edifício que vamos construir com a Universidade do Algarve terá cerca de 2 mil m2 e a área total do parque tecnológico é de 75 mil m2.

LEIA TAMBÉM:

Campus universitário de Portimão deverá custar mais de 7 milhões de euros

Autódromo e Universidade do Algarve unem-se para criar um polo tecnológico em Portimão

Oito ofertas de emprego público

(Visited 393 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub