Compra do edifício Al-Faghar vai custar 900 mil euros à Câmara de Portimão

A Câmara de Portimão aprovou, na reunião do seu executivo desta semana, a proposta de compra do edifício Al-Faghar por 900 mil euros.

Este é um imóvel situado no centro da cidade, junto à Alameda da Praça da República, no qual funcionou a loja com o mesmo nome, mas que há muitos anos está desocupado.

Conforme já tinha anunciado na sessão do Dia da Cidade, a presidente da Câmara diz que o objetivo é nele instalar os serviços do Instituto dos Registos e do Notariado que, atualmente, funcionam na Avenida Miguel Bombarda, em condições que Isilda Gomes adjetiva como “vergonhosas para um concelho como Portimão”.

Por outro lado, “uma vez que há muita gente que precisa de utilizar os serviços de registos e notariado, essa mudança vai contribuir para trazer maior animação e movimento ao centro da cidade”, a exemplo do que acontece com o Espaço do Cidadão, que funciona a poucos metros de distância.

A decisão da autarquia ainda terá de ser aprovada numa próxima sessão da Assembleia Municipal e de obter ‘luz verde’ do Tribunal de Contas.

Uma vez ultrapassadas essas fases, haverá então condições para a câmara arrendar o edifício ao Instituto dos Registos e do Notariado para aí instalar os seus serviços em Portimão.

Leia também: Três feridos em acidentes no concelho de Portimão

……………….
VÍDEO EM DESTAQUE

Despiste aparatoso em Portimão

Assista aqui a todos os nossos vídeos

LEIA TAMBÉM:

Quatro feridos em colisão entre duas viaturas em Portimão

Os eventos que vão animar Portimão nos primeiros meses de 2023

Os eventos que vamos ter no Algarve em janeiro

(Visited 337 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev