Antigo edifício da Câmara dá lugar a museu

O antigo edifício da Câmara de Lagoa vai ser transformado num museu. O projecto está a ser desenvolvido e deverá ficar concluído em meados do próximo ano, podendo, de seguida, avançarem as obras.

Uma vez concretizado o projecto, será uma nova fase que se abre na vida deste edifício histórico que, por si só, tem muito para contar, uma vez que já foi igreja e prisão, antes de se transformar na sede do principal órgão autárquico do concelho.

A ideia do presidente da Câmara, Francisco Martins, é que “este seja um museu vivo, de território”, que conte uma parte da história do concelho, mas que não se esgote naquele edifício e se estenda a espaços localizados noutros pontos do concelho.

O museu vai ser complementado com núcleos museológicos em localidades como Porches, Carvoeiro, Estômbar e Ferragudo.

O material a instalar nas antigas instalações da Câmara – onde ainda funcionam alguns serviços, que serão relocalizados – dará uma perspectiva geral da história e cultura do concelho, enquanto que os núcleos que serão criados noutras localidades terão características mais temáticas.

O de Porches deverá ficar mais ligado à olaria, o de Ferragudo ao mar, o de Ferragudo à pesca e o de Estômbar ao património.

Trata-se de “um projecto ambicioso, que há muito tempo é falado e adiado”, mas que, agora, Francisco Martins pretende concretizar, com o apoio financeiro de fundos comunitários. 

Leia também:

Francisco Martins diz que ainda não decidiu se vai recandidatar-se

Ruas de sentido único em Lagoa

Obras no centro de Lagoa

  Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 349 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub

pub

pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.