PSD lamenta que os portimonenses tenham de pagar “taxas e impostos municipais em valores máximos”

pub
pub

O PSD de Portimão vem, em comunicado, “congratular-se pelo visto do Tribunal ao empréstimo que valida o FAM” apresentado pela Câmara Municipal portimonense.

Os social-democratas do concelho apenas lamentam que se tenha perdido tanto tempo, “devido à inépcia e teimosia do executivo municipal em não ouvir as nossas propostas e dúvidas sobre determinados documentos, situações essas que o próprio Tribunal de Contas levantou posteriormente.”

O PSD atira a total responsabilidade pela situação financeira da autarquia para o PS, que sempre a governou. A dívida é tão grande que “agora, para a pagar, teremos de ter as taxas e impostos municipais em valores máximos, situação que o cidadão portimonense irá sentir e bem nas próximas décadas.”

Apesar de lembrar que este empréstimo vai servir apenas para pagar dívida já vencida, uma vez que a presidente da Câmara diz haver margem para investimento, os ‘laranjas’ locais esperam que “seja retomada a normalidade na manutenção da rede viária, redes de saneamento e abastecimento de água, limpezas e manutenções de espaços verdes.”

A finalizar, este partido volta a propor que “paralelamente ao este Programa seja elaborado um Plano de Desenvolvimento Económico do Concelho de Portimão, alicerçado num pacto de regime com todos os Partidos representados na Assembleia Municipal.”

Leia também:

Coligação ‘Servir Portimão’ diz que vão ser os portimonenses a pagar as dívidas da Câmara

Portimão tem disponíveis 142 milhões para pagar dívida e… fazer obra


Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 194 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.