Tornado afecta o Sotavento e causa destruição

22h50 – O presidente da Câmara de Faro, Rogério Bacalhau, disse que uma comunidade cigana de mais de uma centena de pessoas ficou desalojada, por as suas barracas situadas no Cerro do Bruxo terem ficado sem condições mínimas de habitabilidade.

21h35 – A Câmara de Vila Real de Sto. António informa que o tornado desta tarde provocou a queda de algumas árvores nas artérias da localidade da Manta Rota, assim como alguns danos materiais pontuais. Nesta altura, todas as ocorrências encontram-se em fase de resolução, nomeadamente as falhas de energia eléctrica, que estão a ser repostas, e a concluir-se a limpeza das áreas afectadas.

21h24 – A Câmara de Faro informa que o fornecimento de energia eléctrica no concelho está assegurado a quase 100%, havendo, no entanto, problemas ao nível da baixa tensão na zona da Penha e outras, e também ao nível da iluminação pública nas zonas mais a nascente do concelho e Forum Algarve, estando a EDP a tentar resolver essas situações o mais rapidamente possível. Em nota divulgada pelas 21 horas, a autarquia indicava que a  Estrada da Penha, junto ao cemitério novo, ainda se encontra interrompida.

19h53 – O site oficial da Protecção Civil regista, nesta altura, ocorrências nas freguesias da Sé e São Pedro, Montenegro, Conceição e Estoi (concelho de Faro), Pechão, Quelfes, Moncarapacho e Fuseta (Olhão), Altura (Castro Marim), Vila Nova de Cacela (Vila Real de Sto. António).

19h45 – Nesta altura, mais de uma centena de bombeiros e outros elementos ligados à protecção civil encontram-se a dar resposta a 22 ocorrências, a maior parte das quais relacionadas com os efeitos do mini-tornado.

19h36 – Segundo o blog Safeplace52, especializado em questões de protecção civil, também a freguesia de Altura (concelho de Castro Marim) foi bastante afectada, com muitas árvores caídas, telhas arrancadas e estruturas metálicas e muros destruídos. De acordo com a mesma fonte, nesta freguesia, a força do vento virou uma caravana, tendo os bombeiros que transportar uma pessoa ao hospital.

19h00 – Um mini-tornado afectou, esta tarde, o Sotavento algarvio, tendo os concelhos de Faro e Olhão sido bastante afectados, mas há indicação de que também causou problemas em Tavira, Castro Marim e Vila Real de Sto. António. Segundo a Protecção Civil, o alerta foi dado pelas 15h58.

O fenómeno deixou um rasto de destruição em carros, edifícios e outro tipo de estruturas, mas não há indicação de feridos. Os fortes ventos que se fizeram sentir também provocaram a queda de árvores e de postes de electricidade, situação que leva a que populações de algumas zonas estejam, nesta altura, sem energia eléctrica.

Um muro do campo de futebol de Moncarapachense, em que decorria um jogo, ruiu, tendo danificado alguns carros que estavam estacionados junto ao mesmo. O Fórum Algarve também foi afectado, havendo registos de vidros partidos.

Segundo declarações do presidente da Câmara de Olhão, António Miguel Pina, à CM TV, no seu concelho registaram-se estragos nas zonas de Moncarapacho, Pechão e Quelfes e, pelo menos, uma habitação ficou destruída. Na agricultura prevê-se que os prejuízos sejam elevados, uma vez que, naquele concelho, o autarca refere que um terço das estufas existentes tenham ficado danificadas.

 

Leia também:

Ofertas de emprego para o Algarve (2 de Março)

Mau tempo leva multidão de curiosos à zona da Marina de Portimão

PSP de radar em punho (Março)

(Visited 437 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.