Câmara de Vila do Bispo investe em terreno para habitação social

A Câmara de Vila do Bispo manifestou intenção de adquirir um terreno situado na freguesia de Budens, com um área de 12.680 m2, destinado ao reforço da oferta de habitação social no concelho.

Para o efeito, a autarquia deverá gastar 660 mil euros, que é basicamente o valor que prevê receber a mais de IMI, este ano, devido à decisão de aumentar a respectiva taxa.

O presidente da Câmara, Adelino Soares, diz que a ideia foi exactamente aplicar esse acréscimo de receita na aquisição de terrenos para construir habitação a preços abaixo do valor de mercado. Isto porque considera que a falta de oferta de habitação a preços acessíveis é um dos problemas que mais afectam a população local e, recorrendo apenas às suas receitas correntes, seria impossível à autarquia conseguir folga orçamental para suprir esta lacuna.

Daí que tenha decidido ir contra a corrente e, numa altura em que quase todos os municípios do país estão a baixar ou a manter as taxas de IMI, a de Vila do Bispo resolveu proceder a um aumento.

Admite que não é uma medida popular, mas, pelas suas contas, ela não irá afectar de forma muito significativa os habitantes no concelho, uma vez que “dos cerca de 2 milhões de euros de IMI que recebemos anualmente, apenas 26% desse valor é pago por habitantes locais. Da restante verba, cerca de 40% é pago por pessoas que cá têm segunda habitação e o resto por empresas”.

É, portanto, na sua opinião, uma maneira “justa” de financiar a aquisição de terrenos terrenos para habitação e, por essa via, conseguir condições para que mais pessoas se fixem no concelho.

 

  Leia também:

Câmara de Portimão tem resultados positivos de 20 milhões de euros

Câmara algarvia quer contratar 81 pessoas

António Costa vem a Lagoa assistir a espectáculo de homenagem a Carlos do Carmo

(Visited 574 times, 1 visits today)
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.