The show must go on

Veja aqui todas as fotos do dia

Ser ator, músico ou cantor tem as suas vantagens. Aplausos, mediatismo e, sobretudo, fazer o que se gosta.

Mas, como em tudo na vida, a profissão tem o seu lado complicado e até negro. Um dos princípios básicos conhecidos por todos os que estão no meio artístico é «The show must go on», que é muito mais do que o título de uma música dos Queen. É o ‘mandamento’ que diz que, independentemente de tudo o resto, o espetáculo tem sempre de continuar e ir até ao fim.

Ontem à noite, os Amor Electro sentiram na pele o peso dessa frase. Horas depois de saberem que um dos elementos da banda tinha morrido, os outros subiram ao palco, na abertura do Festival da Sardinha.

Tal como Marisa Liz anunciou no princípio, aquele foi um espetáculo diferente. Cheio de emoção, dor e desespero. E, ainda assim, profissional e até optimista.

Foi, seguramente, o concerto mais triste e duro que tiveram de fazer, mas… the show must go on.

(J.E.)

LEIA TAMBÉM:

“O nosso objetivo é, no prazo de 2 ou 3 anos, estarmos a faturar 100 milhões de euros”

“Estou disponível para ser candidato nas próximas autárquicas”

EN 125 a Património da Humanidade


OS NOSSOS VÍDEOS


(Visited 403 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev