Silves dá formação no combate à vespa asiática

pub
pub
pub
pub

Uma parceria de trabalho de proximidade com o Serviço Municipal de Proteção Civil de Montemor-o-Velho (distrito de Coimbra), orientou a formação nove agentes municipais de proteção civil de Silves e de Loulé que receberam formação sobre as diferentes técnicas de identificação e destruição de ninhos de vespas asiáticas, em contexto de trabalho de campo.

O serviço tem vindo a eliminar diariamente entre 15 a 16 ninhos de vespa velutina no concelho, com recurso a tecnologia própria, que tem vindo a ser desenvolvida para esse efeito.

A vespa velutina é uma espécie invasora, que causa impactos e efeitos negativos graves em três áreas distintas: no ambiente e biodiversidade (já que exercem uma forte predação de abelhas e de outros insetos polinizadores, que garantem o equilíbrio dos ecossistemas), na saúde pública (pois são um risco para as pessoas, devido à sua picada) e na apicultura (através da destruição de colmeias), apresentando por isso, também, um efeito negativo no que toca à dimensão económica.

 



 

Leia também:

Investimento de 155 mil euros no Portimão Arena

Empresa privada paga festa de fim de ano portimonense

Jamila Madeira puxa ex-presidente da Câmara de Lagoa para o Governo

(Visited 134 times, 1 visits today)
pub
pub
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub
pub
pub