Câmara de Albufeira investe milhões de euros na requalificação de estradas

pub

A Câmara Municipal de Albufeira prepara-se para avançar com um conjunto de intervenções de melhoramentos da rede viária do concelho.

No início do mês foi assinado o contrato para repavimentação da Estrada de Albufeira, numa extensão de aproximadamente 4 quilómetros, entre a rotunda da Martinique, em Santa Eulália, e a Rotunda de Olhos de Água. A obra, com um valor de adjudicação superior a 700 mil euros, engloba a repavimentação da estrada, substituição da rede de abastecimento de água e colocação de sinalética vertical e horizontal.

Entretanto, a autarquia aguarda o visto do Tribunal de Contas para dar início à requalificação da Avenida dos Descobrimentos, desde a rotunda dos Golfinhos até à rotunda da Orada, intervenção com um custo superior a 1 milhão de euros.

“Trata-se de uma zona de grande movimento, que dá acesso a várias praias, unidades hoteleiras e de restauração com impacto significativo sobre o volume de trânsito, pelo que é fundamental criar condições de fluidez e de segurança, quer para residentes e turistas quer para os empresários e fornecedores que diariamente necessitam de se deslocar por aquela estrada para trabalhar”, refere o presidente da Câmara, José Carlos Rolo.

A obra, que se prevê possa arrancar no início de Janeiro do próximo ano, inclui a substituição da rede de abastecimento de águas, trabalhos preparatórios de pavimentação (remoção do pavimento e reparação de patologias existentes), execução de novo pavimento feito à base de uma mistura betuminosa com betume modificado com média percentagem de borracha, substituição da sinalização vertical e colocação de sinalização horizontal.

Também à espera de visto do Tribunal de Contas está a Requalificação da Estrada da Mosqueira, que vai exigir um investimento a rondar 1,5 milhões de euros.

José Carlos Rolo esclarece que no último ano têm sido intervencionadas várias estradas e caminhos em diversos pontos do concelho. “Estamos conscientes de apesar do nosso esforço ainda há muito por fazer, no entanto não é possível nem desejável que se faça tudo ao mesmo tempo, para além de que temos que contar com os timings necessários à realização dos concursos e aos vistos prévios do Tribunal de Contas”.

LEIA TAMBÉM:

Covid-19: Mais 67 casos no Algarve

Duas ofertas de emprego público

Veja onde vai estar a PSP com o radar

(Visited 78 times, 1 visits today)
pub

pub

pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub