Portimão recebeu os 37 marroquinos resgatados pela Marinha

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Portimão informa que procedeu ontem, 11 de novembro, a “uma mobilização expressiva de meios e recursos no sentido de operacionalizar uma zona de concentração e apoio destinada a receber os 37 cidadãos marroquinos resgatados pela Marinha Portuguesa e desembarcados ao final do dia no ponto de apoio naval de Portimão”.

Em comunicado, aquele organismo municipal adianta que “a ação, despoletada na sequência de um pedido do Comando Regional de Emergência e Proteção Civil do Algarve, incluiu a instalação de cinco tendas insufláveis climatizadas, para operacionalizar áreas de alojamento e refeições/lazer, complementadas por contentores balneários e casas de banho portáteis, além de geradores”.

Em complemento, o Município de Portimão também está a assegurar o fornecimento de todas refeições durante o período de permanência do grupo de marroquinos nesta fase transitória, bem como a disponibilizar agasalhos e vestuário para fazer face às suas carências.

Por sua vez, a EMARP – Empresa Municipal de Águas e Resíduos de Portimão instalou uma capacidade de recolha excecional de resíduos, por forma a assegurar a higienização do espaço.

A presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes, acompanhou os trabalhos no terreno, tendo reunido com o diretor regional do SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Paulo Nicolau, o comandante operacional distrital da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Richard Marques, e o capitão de Porto de Portimão, Gonzalez Paços.

Na ocasião, Isilda Gomes reiterou “toda a disponibilidade da autarquia para materializar o apoio necessário na assistência a estas pessoas”, ao mesmo tempo que agradeceu aos profissionais do Município e das entidades envolvidas (bombeiros, Administração Regional de Saúde do Algarve, Unidade de Saúde Pública, PSP, Polícia Marítima, SEF, Administração dos Portos de Sines e do Algarve e EMARP) “o trabalho extraordinário para, em poucas horas, colocarem de pé uma resposta exemplar.”

LEIA TAMBÉM:

A demolição e consequente reconstrução das Torres da Torraltinha

O que vai mudar na circulação de trânsito na baixa de Portimão

Duas ofertas de emprego para agrupamento de escolas

(Visited 131 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev
pub