Antiga fábrica da Faceal pode ser convertida em escola profissional

A Câmara Municipal de Albufeira decidiu, por unanimidade, adquirir o espólio dos bens imóveis que constituem a massa falida da Faceal – Fábrica de Cerâmica do Algarve. É o culminar de um processo antigo e a consequência da decisão que havia sido dada à autarquia pela Assembleia Municipal, na sessão realizada em 28 de Julho, no decorrer da qual, também por unanimidade, a compra havia sido autorizada.

Trata-se de uma aquisição que vai custar à autarquia cerca de 2 milhões de euros. Ainda assim, foi referido na sessão da Assembleia em causa tratar-se de um bom negócio, uma vez que representa uma diminuição na ordem de 1,5 milhão em relação ao que tinha sido pedido.

Na altura, o presidente da Câmara, Carlos Silva e Sousa, informou os deputados municipais que há ideias para aproveitamento do património em causa.

Uma delas “tem a ver com uma escola, de carácter profissional, que tem alguma ligação à escola marítima de Paços de Arcos, em que se pretende criar algo que não só vem diversificar a questão de educação no Algarve, como irá atrair jovens do Algarve, do país e até de fora do país.”

O autarca acrescentou que a Universidade do Algarve já manifestou algum interesse em associar-se ao projecto, que “será uma mais-valia para Paderne e para o concelho.”

Leia também: 

Apoios financeiros para grupos de teatro

Prémio para Loulé

Subscreva a nossa Newsletter 

(Visited 459 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.