Homem detido por sequestro, furto, ofensa integridade física e escravidão

A Polícia Judiciária, no cumprimento de mandado de detenção emitido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Ministério Público de Albufeira, deteve um homem de 30 anos de idade, suspeito da autoria dos crimes de sequestro, furto, ofensa integridade física e escravidão, ocorrido em outubro de 2022, na zona de Albufeira.

Em comunicado, a PJ adianta que o homem, “desde a data dos factos, estava ausente da sua residência tendo vindo a ser localizado e detido, na zona de Lisboa”.

No documento refere-se, também, que “a investigação apurou que a vítima, de 46 anos de idade, era alvo de exploração laboral numa atividade de pastoreio e guarda de um espaço circunscrito, sem quaisquer condições de habitação higiene e alimentação, encontrando-se numa condição de escravo e sujeito a agressões físicas frequentes”.

O homem vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para aplicação das medidas de coação tidas por convenientes.

Notícia relacionada: Quatro detidos em megaoperação policial

……………….
VÍDEO EM DESTAQUE

Despiste aparatoso em Portimão

Assista aqui a todos os nossos vídeos

LEIA TAMBÉM:

Quatro feridos em colisão entre duas viaturas em Portimão

Os eventos que vão animar Portimão nos primeiros meses de 2023

Os eventos que vamos ter no Algarve em janeiro

(Visited 188 times, 1 visits today)
pub
ViladoBispo_Banner_Fev